Estilo de Cinema – o charme do verão italiano em O Talentoso Ripley

Roupas atemporais e cheias de bossa compõem o figurino deste filme icônico para quem gosta de estilo masculino

O guarda-roupa e o estilo dos personagens principais do filme O Talentoso Ripley (1999) desempenham um papel crucial na história. O contraste entre o personagem de Jude Law, Dickie Greenleaf, e o de Matt Damon, Tom Ripley, estabelece as diferenças entre origens, confiança, personalidade, riqueza e senso estético dos dois. A figurinista Anne Roth foi indicada ao Oscar pelo trabalho no longa dirigido por Anthony Minghella. Entenda a seguir por que você precisa assistir a esta adaptação do livro de Patricia Highsmith, publicado e ambientado nos anos 1950.

Os trajes memoráveis ​​do filme representam perfeita e precisamente a moda de meados da década de 1950. Mas não de maneira genérica. Roth diferencia artisticamente os estilos americano e italiano da época, ao mesmo tempo em que revela a disparidade na formação dos dois protagonistas.

Ripley é mais tradicional, usa gravatas de tricô, calças chino e sapatos de couro marrons, óculos quadrados e um blazer de veludo cotelê levemente mal ajustado. Curiosamente, suas clássicas camisas oxford, de colarinho button down, são semelhantes às usadas pelo personagem em Purple Noon (1960), outra adaptação do mesmo livro para as telas, com Alain Delon no papel principal. As roupas claramente vêm da costa leste americana, com tons da Ivy League que, como o personagem, estão meio deslocados na Riviera italiana, onde se passa o filme.

Dickie Greenleaf, por outro lado, simboliza o estilo Riviera chique. Ele varia bastante os looks, de acordo com o ambiente, mas todas as produções revelam um personagem com uma habilidade ímpar de se aclimatar ao cenário: suas roupas combinam perfeitamente com a costa italiana no verão. As camisas de mangas curtas, confortáveis e charmosas, fazem par com shorts esportivos, ora de elástico na cintura para o banho, ora com corte de alfaiataria. Polos de algodão também entram na brincadeira. Já acessórios certeiros como os óculos de sol clássicos, um relógio de pulseira de aço, anéis de ouro e até um chapéu pork pie, típico dos músicos de jazz, adicionam um toque final de estilo.

O clima de O Talentoso Ripley é sofisticado, mas casual, assim como a gente gosta na Oficina. Melhor: a história se passa no verão, então aproveite a nova estação e tire um tempo para assistir a esse filme obrigatório para quem gosta de estilo masculino. 

Separamos algumas peças da Oficina para você montar suas composições inspiradas nesse clássico do cinema!

Inscreva-se

Inscreva-se e receba conteúdo exclusivo

Deixe um comentário