Jeans: a roupa dos mineradores em versão nobre para a vida urbana

Nascido como uniforme dos mineradores no século 19, o jeans evoluiu e transformou-se em roupa premium para momentos urbanos nos tempos atuais, tornando-se obrigatório no nosso repertório cotidiano. Pensando em oferecer o que há de mais moderno no assunto, a linha denim da Oficina é composta por três peças clássicas e indispensáveis para um dia a dia confortável e cheio de estilo.

Curinga para produções descontraídas, a jaqueta existe no tradicional modelo trucker – aquela com bolsos frontais –, que atravessa gerações sem perder a atitude. Na lavagem dark e com corte ajustado, ela mantém a elegância mesmo em momentos casuais. Superconfortável graças à mistura de algodão com elastano, a peça garante liberdade de movimentos e é ótima para fazer as sobreposições de inverno ou para jogar por cima da sua camiseta de algodão pima.

A calça jeans foi sinônimo de rebeldia no corpo de astros como James Dean, Marlon Brando e Elvis Presley, nos anos 1950. A da Oficina é um autêntico modelo five pockets, de corte ajustado, que não chega a ser skinny, e com cós de alfaiataria, que dá um acabamento mais nobre. Ela também tem elastano na composição, o que melhora o conforto e valoriza a coloração intensa, que não desbota. A peça existe também em um azul levemente desgastado, no black e no cinza, que é um preto descolorido até chegar em um sofisticado tom próximo do cáqui.

Já a camisa índigo, feita com tecido superleve, é ultraconfortável e segue os padrões de uma camisa social, o que permite que você use até com gravata para reinventar o traje formal se quiser. O melhor de tudo: as peças da linha denim não saem de moda, resistem a tendências e, sendo assim, são investimento com retorno garantido.

Inscreva-se

Inscreva-se e receba conteúdo exclusivo

Deixe um comentário